top of page

Poder de observação ~ Poder de julgamento

Será possível desassociarmos o poder que temos de observar do nosso poder de julgar? Num estado de contemplação, o objecto, pessoa, ou momento são apreciados ou ignorados, dependendo do nosso “gosto pessoal”, estado de espírito, ou envolvimento emocional. O estado de observação permite~nos imparcialidade e consequentemente, que usemos o nosso pobre ou rico julgamento, ou a nossa energia para questões relevantes e que requisitem ambos. Desta forma, somos capazes de manter foco mental, emocional e físico no momento real, com nós próprios e com quem estamos.

Os apelos de atenção (dos meus posts), não exigem que seja impreterível um novo estado de consciência ou de movimento imediatos, mas são uma tentativa de termos presente esta nova atenção para irmos transformando padrões e comportamentos correntes.

O nosso poder de observação apela a introspecção ou a apreciação sem julgamento. Para que possamos vivenciar sem distúrbios do nosso poder de julgamento, que certamente deve ser doseado.

Votos de alegres observarções.

~~ Ana ~~




Power of observation, power of judgement

Is it possible to disassociate the power we have to observe from our power to judge? In a state of observation, the object, person, or moment is appreciated or ignored, depending on our “personal taste”, mood, or emotional involvement. The state of observation allows us to be impartial and, consequently, to use our poor or rich judgment, or our energy, for relevant issues that require both. In this way, we are able to maintain mental, emotional and physical focus on the real moment, with ourselves and who we are with.

The calls for attention (from my posts) do not demand that is imperative an immediate new state of consciousness or movement, but they are an attempt to keep this new attention present in order to transform current patterns and behaviors.

Our power of observation calls for introspection or nonjudgmental appreciation. So that we can experience without disturbances from our power of judgment, which certainly must be dosed.

Wishes of joyful observations.

~~ Ana ~~

Comentários


bottom of page